2.12.09

N 39º 25' 40''

W 08º 14' 49''


A paisagem envolvente ao Tramagal, tem uma beleza singular. Na área da freguesia encontram-se campos da lezíria, o rio, os pinhais, os sobreirais, a charneca e a paisagem de "montanha" da ribeira do Alcolobre, entre outros elementos. Pela sua diversidade, a paisagem tramagalense, é suficiente para a criação de um roteiro turistico que inclua os monumentos da vila e a zona envolvente, com especial incidência no mapeamento de caminhos pedestres, que poderão ser incluídos no mapa de oferta turistica do município de Abrantes.
Neste pequeno filme retratamos um dos mais belos lugares da freguesia. Nele o alcançe da vista estende-se por muitos km, em todas as direcções. Este filme, é também um convite para que todos os que o vejam tenham vontade de visitar e poder disfrutar da belavista do Picoto da Atalaia.

4 comentários:

TZ disse...

4 minutos muito bem passados.
obrigado.

zedooculo disse...

Tz.
Bom, afinal o que por aqui se tem dito é mesmo verdade!
O blogue não é de todos os Tramagalenses.
Mas sim apenas de alguns.
Ou seja de quem você quer!
Onde estão as fotos do jantar da comunidade Tramagalense em Lisboa?
Não me diga que ninguem lhe enviou uma foto do jantar!?
Anda para aí vossa excelência e mais alguns a mostrar o Tramagal triste e cheio de nostalgia.
E a esquecerem-se do Tramagal do séc. XXI em que somos poucos para o pôr de novo no caminho do sucesso.
Aqui há quem trabalhe, aqui está quem gosta de cá estar, quem cá está luta por melhor.
Mostrem o Tramagal como ele é...

TZ disse...

Caro zedooculo e leitores do http://tramagal.blogspot.com

Não recebemos nenhum email sobre o jantar da comunidade Tramagalense em Lisboa.
Todos os email que até hoje foram recebidos no endereço tramagal@gmail.com sobre "coisas" do Tramagal, ou que possam relacionar-se com o Tramagal, mereceram todos a maior atenção e foram de alguma forma tratados no blogue.
Todas as sugestões, mais ou menos expressas, que se fizeram sobre este blogue foram ponderadas e fizeram evoluir a sua forma e conteúdo.
Todas as pessoas que manifestaram vontade de ser co-autoras do blogue receberam um convite para participar, e a partir daí fazem-no sem qualquer constrangimento. Noutros casos, tendo acesso ao email de tramagalenses em que reconheço vontade de participar, eu próprio envio o convite sem que mo solicitem.
Creiam que as acções que tomo enquanto administrador do blogue, vão sempre no sentido de o abrir, e incentivar o mais possível a participação de todos.
Haver um administrador do blogue é uma exigência do blogger, o programa com que se faz este blogue, dificilmente algum administrador de blogue pode ter uma acção editorial menos interventiva do que aquela que adopto.
Sou responsável pelos post que publico, e reconheço que deles transparece alguma nostalgia. Tristeza? Também, quando ela nos invade, é a vida... mas também alegria, humor, o Tramagal do séc. XXI, a vontade que a terra, as suas gentes, tenham sucesso e sempre a luta por melhor.
Mostrar o Tramagal como ele é depende de todos, mas compreenda-se que um blogue é um blogue, não é um jornal online, tão pouco a realidade... por mais que se queira o Tramagal não cabe num blogue.
Contactem-nos. Tenho, temos, o maior gosto que publiquem neste blogue. Publicar post num blogue é muito fácil.
Abraço

Viagens no meu Planeta disse...

Caro zédooculo

Vanos a isso, mãos à obra. A primeira coisa a fazer é colocar o Tramagal no sec. XXI e para isso é necessário um portal da Vila. Assim o blog Tramagal e o seu autor ficariam livres da enorme responsabilidade que é a actualização de uma página de coisas tramagalenses e depois poderia o amigo TZ convidar para o seu blog, quem bem lhe apetecer sem ter de estar sujeito a críticas tão negativas, à constante má língua e bota abaixo.

Nostálgico, este "filme"?- sim é nostálgico, não o nego, é que sabe, não vivo no Tramagal vai para 12 anos e isso traz-me alguma nostalgia ou aquilo a que se chama saudade. Qual é o problema da nostalgia?

Triste?- definitivamente NÃO e sabe porquê?- Porque a celebração da natureza nunca é triste muito pelo contrário. Enquanto aqui permanecer, continuarei a fazer vídeos sobre a extraordinária beleza das paisagens da nossa freguesia, das quais gosto muito e disfruto sempre que me desloco á minha terra. E o caro zédooculo, também disfruta delas quando se desloca ao Tramagal, Vila para a qual tanto trabalha, ou se por aqui vive, dá-lhes algum valor?

Há sem dúvida muito para fazer e ser feito. Talvez coisas simples mas que melhoram a qualidade de vida de quem aqui vive ou gosta e partilha a alma tramagalense.

Vamos lá pôr de lado as querelas, as rivalidades ou as invejas e ajudar na medida do possivel a dar uma vida nova ao Tramagal e coloca-lo definitivamente no futuro, enfrentando os desafios da sociedade moderna e competitiva em vivemos. Ideias para o portal de Tramagal precisam-se e depois disso talvez já seja mais fácil publicar as fotos do jantar de tramagalenses de Lisboa, que até agora e depois do TZ colocar o blog à disposição para as publicar ainda não apareceram, vá-se lá saber porquê.

saudações tramagalenses