15.11.09

(…) Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada –
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser…

E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto…
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço,
(….)

Álvaro de Campos
RL

5 comentários:

TZ disse...

o que levou tanta gente ao bairro dos passarinhos?

Muad'Dib disse...

Onde é esta última foto?

TZ disse...

Parece-me a Fundição em fase de construção

Atalaia disse...

Esta multidão,possívelmente foi assistir à inauguração do Bairro social da MDF, hoje «HOLLYOOD» de Tramagal.

TZ disse...

É muita gente... a irem a inauguração fico a pensar que possa ser a da fundição.