31.8.10

Mais notícias sobre a ponte que liga as duas margens do Rio Tejo entre Constância Sul e Praia do Ribatejo. Na mesma e fora do mapa. Até quando ???

4 comentários:

TZ disse...

E da Câmara de Abrantes que notícias nos chegam sobre o assunto? Que empenho fazem em melhorar os acessos ao Tramagal? (silêncio ensurdecedor...)
Ó ironia, o que a Presidente dizia naquele dia:
"(...) O libertar da opressão trouxe a mobilização de esforços para a resolução dos problemas. À liberdade vem associado o requisito de mais igualdade, maior equilíbrio e mais justiça. É aqui definido o projecto político que aponta para o desenvolvimento como fim, explicitado em acesso: acesso aos equipamentos e a condições de vida que garantam a satisfação das necessidades básicas dos portugueses.(...)"
Palavras ditas na Assembleia Municipal de 25 de Abril de 2010, publicadas no boletim informativo da CMA.

TZ disse...

Entretanto, li no Lagamart que a Sra. Presidente da Câmara de Abrantes exprimiu através do DN a sua solidariedade para com Constância... uma vergonha de solidariedade.
link lagamart:
http://lagamart.blogspot.com/2010/08/finalmente-camara-de-abrantes-acordou.html
link DN:
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/Interior.aspx?content_id=1652135&seccao=Centro

Tramagalense disse...

Sou da opinião de que manter esta ponte em funcionamento é erro. Mesmo fazendo obras no sentido de permitir a passagem de ligeiros, essa solução, será sempre a curto ou médio prazo. Fazer obras de maior envergadura para permitir a circulação de carros pesados, implica um volume de verbas que quase equivalerá à construção de uma nova ponte. É verdade que os acessos já existem e que estes podem inclusivé ser melhorados, no entanto, penso que a construção de uma nova ponte será a única solução para assegurar o futuro da circulação automóvel no concelho de Constancia. Já foi feito um estudo com 4 soluções de travessia sobre o Tejo. Basta por isso, trazê-lo de volta ao debate. É imperativo que se faça uma avaliação sobre os custos de alargamento da velha ponte e compara-la com os custos de construção de uma nova travessia.
Pessoalmente sou a favor de uma nova ponte, mesmo que isso signifique algumas alterações no que respeita a outras pontes.

TZ disse...

Concordo contigo. É urgente trazer para a fase de execução a nova travessia do Tejo em Constância e reparar de imediato a velha ponte.