6.4.10


Não é vulgar este blogue ser assunto de mensagens (post). Mas hoje calha, em homenagem às  50000 vezes que alguém teve vontade de o visitar e se dirigiu ao endereço http://tramagal.blogspot.com/.
.
No início era uma experiência de "dont" (nickname que usava nos primórdios da internet, como  "rio" e "change"). Era o quê? Era só uma vontade de criar um blogue...
Houve a necessidade de escolher um nome, ocorreu-me Tramagal "não sei porquê"(?).  Asssim ficou, apesar das questões que mais tarde, hoje ainda, me coloquei sobre a legitimidade do uso do nome da localidade. Talvez seja melhor pensarmos no campo de tramagas... logo à tarde vou lá abaixo à beira Tejo fotografar a flor da tamargueira...
Durante cinco anos este foi o sítio onde acumulei alguns "rabiscos feitos nas costas de uma factura, umas palavras apontadas na toalha da mesa, uma ou outra imagem apanhada ao acaso" , conforme a vontade, à vontade...
Em Julho de 2008 "deu-me para arrumar o sítio e pô-lo  mais em jeito de fábrica". Foi alterado o template, instalei o sitemeter, a regularidade e quantidade de post aumentou e passei a preocupar-me um bocadito com o impacto e interacção que o blogue tinha com seus leitores. Já havia, eram cerca de 14 por dia, 99 por semana, que aqui passavam  de cada vez uma média 7 minutos... Abraço!
De uma boa conversa que tive com o Roper, no Del Rey em Outubro de 2008, resultou um novo sentido para a "experiência". A partir de então a ideia principal passou a ser proporcionar uma plataforma à participação de "matriz tramagalense".
Para além de incentivarmos a comunicação por email ou usando os comentários aos post, passámos a ser vários autores. O Valentim foi o primeiro a juntar-se a nós, dentro do bom espírito dos jovens tramagalenses nascidos em 1964. Hoje, por acaso, o António Gil Ferreira publicou o seu primeiro post. É já o 28º a aceder colaborar. Amanhã  esperamos ser muitos mais, o blogger admite até 100 co-autores e para o ser basta querer. De notar que a forma como cada um dos autores do blogue intervêm é livre, não havendo qualquer "linha editorial", nem estrutura de redacção estabelecida, nem obrigatoriedade de prazos ou regularidade. Cada um publica o que quer quando quer - é outra "experiência".
Ao longo de 2009 a actividade aumentou muito, culminando no mês de Outubro com alguns dias em que houve mais de 300 visitas diárias. Esgotado o "combustível eleitoral", o blogue, naturalmente, hibernou. Mas não deixou de "ir indo", sempre com variações homólogas mensais positivas e deficit zero apesar da "crise internacional"..., e em Fevereiro passado, o rigoroso Inverno deste ano, de algum descontentamento, começou a abrandar.
Vivemos hoje num ambiente substancialmente diferente do inical. Agora as redes sociais corporizam o que de mais dinâmico há na internet e o nosso blogue vai estabelecendo as ligações a esse movimento. Agora há mais blogues de "matriz tramagalense" (links nas barras laterais) a reforçar o Tramagal na internet.
E agora?  Agora gostava de ver esta plataforma usada por mais pessoas para aqui publicarem as suas ideias e saberes, não apenas sobre a nossa Terra, mas também sobre o que a partir dela temos para dar ao Mundo. Juntem-se a nós, estejam à vontade.

5 comentários:

Luis Ribeiro disse...

Muitos parabens!

Para todos vós (Autores e Leitores) estao de parabens pois divulgam o Tramagal e a regiao de uma forma muito eficaz e sublime culturalmente e politicamente falando. O vosso blog tem sido tambem um elo muito importante entre as comunidades tramagalenses espalhádas por Portugal e pelo Mundo. O nosso Tramagal hoje em dia é visto e interpretádo de uma forma diferente, e todos vós contribuem e tem contribuido para que isso seja possive. Pessoalmente espero que o continuem a fazer por muitos anos. Com a vossa ajuda o Tramagal hoje em dia nao é só visto como sendo o local onde um dia se ergueu uma das maiores empresas Metalurgicas da Europa. Hoje a imagem e nome Tramagal está diretamente associádo a bons vinhos, a boa musica,a associacoes como a Cistus, a paisagens e locais de uma beleza singular, nao esquecendo é claro a Industria pois na zona industrial Tramagalense está sediáda uma das maiores empresas de Portugal. Hoje em dia meus cáros, fála-se no e do Tramagal em Ingles em Bulgaro em Espanhol em Frances e até mesmo em Japones e isso é de louvar e preservar!

Cumprimentos!

TZ lamento o episódio do outro dia.
Foi mau, mais uma vez lamento.

Fiquem Bem!

Luis Ribeiro

Lamacheira e Barca disse...

Muitos parabens a todos os que contribuem para este seja um local de encontro e desencontros.
Que sejam os primeiros 50 000 dos milhoes que se adivinham.

TZ disse...

Luis,
Fiquei com a ideia de que o episódio do outro dia foi só um mal entendido. Prá frente!
Abraço

Octávio Oliveira disse...

Amigo TZ,

Muito parabéns por esta relevante iniciativa de interesse social. Considero que este tipo de iniciativas, da sociedade da informação e da globalização, são a argamassa das sociedades modernas, o que no nosso caso, atendendo à particularidade da distância, adquire acrescida importância. Obviamente, há que reconhecer, que existiram maus momentos, impróprios e indignos, custos elevados nestes processos, estranhos aos propósitos do autor e que, de alguma forma, estão hoje minimizados, que não completamente resolvidos. Enfim, já estamos na esfera das liberdades individuais, matéria tão actual. Apesar destes cutos, não há dúvida quanto ao elevado mérito do caminho. Abraço. Octávio Oliveira

valentim disse...

Muitos parabéns a todos, especialmente aos mais assíduos (não é o meu caso). Faço votos para que isto continue. Aqui venho várias vezes para, apesar de estar perto,beber um pouco da vivência tramagalense. Saúde para todos e um abraço muito especial ao TZ!